quarta-feira, 5 de agosto de 2015

PSOL: "Um partido à altura do povo brasileiro"

Por Elson de Melo – Após uma década de existência, o PSOL Amazonas vai realizar o seu 5º Congresso nos dias 30 e 31 de outubro em Manaus, é o inicio de uma arrancada para avançar na próxima década. Sou um dos entusiastas da Tese do campo Unidade Socialista “Um partido â altura do povo brasileiro”, por entender que o nosso partido começou a se consagrar em alternativa real de poder do povo brasileiro e de modo especial do Amazonas, a partir do 4º Congresso realizado em 1013.

Aqui no amazonas, antes do 4º Congresso de 2013, o partido era apenas uma sigla dogmática que no período eleitoral, apresentava candidaturas para cumprir o calendário de eleições, um partido que preferia o isolamento, abdicando de fato de ocupar os espaços institucionais possíveis, um partido sem expressão popular, erá sempre o ultimo nas disputas eleitorias.

Foi a partir do 4º Congresso que as forças internas do partido, passaram a entender que politica se faz dentro da diversidade, com determinação e firmeza, confiando na grandeza do partido e impulsionando sua militância a conhecer a realidade, encorajando-os para enfrenta-la e, sobretudo, qualificando-os dentro do processo de luta que se desenvolve.

Entendo que a construção do partido se faz dentro de um processo dialético que nos leva a fortalecer e aperfeiçoamos as nossas convicções, definir nossa práxis como fator determinante da nossa força, para tanto, precisamos ampliar o conhecimento dentro das estratégias definidas como tarefas a serem desenvolvidas com objetivo de propor alternativas transformadoras para acabar com o sofrimento da nossa gente.

O 5º Congresso do partido se dá em um momento muito particular da economia brasileira, onde o capital, mais uma vez, usa o governo e a força do Estado, para comprimir a qualidade de vida dos brasileiros com um ajuste fiscal que subtrai direitos e impões grandes limitações aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil.

O PSOL tem em suas mãos o futuro de um povo! Não podemos negligenciar diante do quadro caótico que o Brasil está envolvido, corrupção, ataque aos direitos trabalhista, crise politica, econômica e institucional, são alguns componentes da experiência petista em tentar conduzir nossa gente a um pacto comum com o capital onde o mercado é ordem e governo o mediador parcial em favor dos capitalistas.

Visando atender essas demandas sociais, precisamos que o PSOL seja mais popular, mais ousado em todos os campos e menos dogmático.  É necessário ampliar seu horizonte de um partido apenas de quadros, para partido que empolgue as massas e consolide uma vanguarda capacitada para encorajar o nosso povo a resistir e aprofundar o processo democrático brasileiro, combatendo de forma determinada o avanço da agenda conservadora que tenta a todo custo, isolar a esquerda socialista.

O 5º Congresso do PSOL será o marco de uma retomada das lutas populares e das mobilizações da classe trabalhadora, onde o partido se definirá como o grande instrumento de salvamento de milhares de lutadores (as) sociais que estavam sem espaço para continuar a sua militância. Para nós, o PSOL é o maior e principal simbolismo da radicalidade da esquerda, nosso marca de resistência, seja para consolidar o nosso projeto democrático popular, ou para propagandear o Socialismo como projeto estratégico da classe trabalhadora mundial.

Viva o Socialismo!
Salve o 5º Congresso do PSOL!

Confira no Link a Tese na Integra: http://goo.gl/SYHXhu

Saudações Socialistas


Elson de Melo é Presidente Estadual do PSOL Amazonas