quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Manaus 343 anos: a homenagem de um caboclo prosa



No dia do aniversário de Manaus, aproveitei para contemplar o majestoso Encontro das Águas, nossa comitiva foi até ao Mirante da Embratel, daquele local é possível observar a magnitude desse encantador fenômeno natural que embeleza ainda mais a cidade de Manaus.

Infelizmente o Mirante da Embratel, virou um deposito de lixo, ali é possível ver sucatas de orelhões da Oi e Embratel, plásticos, documentos velhos e até um cachorro morto que pelo tudo indica, foi assassinado com facadas ali mesmo, onde está se deteriorando ainda com a correte e coleira.

Mas, como hoje é dia de celebrar o aniversário dessa maravilhosa metrópole, o correto é homenageá-la, exaltando o aconchego dessa cidade que está sempre pronta a receber todos os navegantes que por aqui aportam. Assim com a devida permissão do meu querido Município de Urucurituba, declaro todo prosa, meu amor por Manaus! 

PROSA POR MANAUS

Parentes desta capital
o sorriso me denuncia,
sou caboclo do interior,
mas, por Manaus tenho amor.

Depois de Urucurituba,
Manaus é meu Deus acuda,
sou caboclo, sou do mato,
sou Manaus em todo ato!

Sigo os passos de Ajuricaba,
caminho nas ruas e nos matos,
pego o remo e a canoa
navego nos rios adentro...
mas, quando estou em Manaus,
encontro o meu alento.

Manaus sonho, realidade e saudade,
caminho da prosperidade,
casa que a todos acolhe,
mundo de felicidade,
e este caboclo todo prosa,
ama-te de verdade!

Elson de Melo
Não é poeta...

Parabéns Manaus pelos seus 343 anos de existência... Feliz Aniversário e... Prosperidade Sempre!