quarta-feira, 28 de julho de 2010

25 ANOS DA MAIOR ASSEMBLÉIA OPERÁRIA NO AMAZONAS

Por: Elson de Melo

No próximo dia 31 de julho de 2010, os Operários metalúrgicos do Distrito Industrial de Manaus, podem celebrar os vinte e cinco anos da maior e mais importante Assembléia de sua história. O local foi o campo do Oratório nos fundos da Igreja de São José Operário na Rua Visconde de Porto Alegre Centro de Manaus, onde hoje são celebradas as Missas todo dia 19 de cada mês em homenagem ao Santo Padroeiro dos Trabalhadores. Foi a primeira grande Campanha Salarial organizada por jovens trabalhadores que assumiram a Direção do Sindicato dos Metalúrgicos em fevereiro de 1983. Depois de conseguir a reunificação da categoria que tinha sido dividida pelo então Gerente da Philips Stones Machado, hoje empresário e dirigente do PDT do Amazonas. Foi nessa Assembléia que foi aprovada a deflagração da primeira Greve Geral dos Metalúrgicos de Manaus. O grande comandante desse momento histórico era Ricardo Morais, “O maior Líder Operário de todos os tempos no Amazonas”. Quando os trabalhadores gritavam em coro Greve!!! Greve!!! Greve!!!...Não tínhamos duvidas que naquele momento os trabalhadores davam um basta em tudo que erra de ruim que existia no Parque Industrial de Manaus e assumiam uma nova postura diante da intransigência patronal! Como um dos protagonistas desse momento histórico, quero compartilhar um relato completo desse fato, solicito dos outros companheiros e companheiras que viveram comigo aquele momento que, mande sua contribuição para uma matéria especial a ser publicada no dia 1º de agosto de 2010. O contato é: elsonpmelo50@gmail.com contribua para resgatar a nossa memória! Mande E-mail com seu relato.

Élson de Melo

Fone: (92) 8116 0094

Nenhum comentário:

Postar um comentário